3 Cirurgia Proctológica

Cirurgia Proctológica

 

Clique nos tópicos para ler sobre os temas:

 

» Doença hemorroidária

» Fissura anal

» Fístula Anorretal

» Abscesso perianal

» Prurido Anal

» Cisto Pilonidal

» Verruga Genital / Condiloma

» Plicoma Peri-anal

» Doenças Sexualmente Transmissíveis

» Papilite e Criptite

» Prurido/Coceira Anal

» Tumores de Canal Anal

   

» Doença hemorroidária

É uma dilatação varicosa no segmento anorretal (tumorações do plexo hemorroidário superior e inferior.)

Classificam-se em:
Internas / externas e mistas de 1º / 2º / 3º e 4º grau
▪ 1º grau - sangrante à evacuação
▪ 2º grau - além do sangramento há exposição e se reduz espontaneamente
▪ 3º grau - sai para fora e necessita de auxilio para entrar
▪ 4º grau - sai e permanece para fora

» Fissura anal

É uma úlcera ou fenda que aparece na região mucocutâneo do canal anal/ferida anal e normalmente ocorre em indivíduos jóvens (15 a 45 anos).

A causa mais importante é a constipação intestinal (fezes endurecidas que ao passar no canal anal provocam lacerações.

» Fístula Anorretal

É um processo supurativo crônico caracterizada por uma comunicação anormal entre a porção anorretal e os tecidos ou orifícios vizinhos, causado por inflamação da cripta e glândulas anorretais, formando abscesso que seguem um trajeto inflamatório crônico, originando a fístula.

» Abscesso perianal

É uma coleção de pus que se localiza na região anorretal.

» Prurido Anal

É toda sensação pruriginosa no ânus ou na margem anal, que independe de sexo ou idade, anais causadas por infecções/ condições anorretais/ doenças da pele da margem anal e doença sistêmica.

» Cisto Pilonidal

É um orificio e trajeto fistular localizado na região sacrococcigea, que incide, especialmente, em jovens com hirsutismo (pelos) localizados na região interglutea medial.

» Verruga Genital / Condiloma

uma verruga de causa virótica que pode ter uma transmissão sexual. É necessário afastar o acometimento do canal
anal e reto. O melhor tratamento consiste na eletrocauterização combinado com o uso de cremes antiviróticos e o uso de um estimulador do sistema imunitário via oral.

» Plicoma Peri-anal

É uma protuberância da pele em torno do ânus, normalmente ocorre após uma trombose hemorroidária externa. Quando sintomáticos devem ser retirados cirurgicamente.

» Doenças Sexualmente Transmissíveis

O anorreto vem sendo utilizado com uma freqüência cada vez maior nas relações sexuais, com um subseqüente crescimento na incidência e na variedade de doenças sexualmente transmitidas ( DST ).

Condiloma Acuminado; Linfogranuloma Venéreo; Herpes Simples Genital; Molusco Contagioso; Gonorréia; Cancro Mole; Sífilis; Donovanose

» Papilite e Criptite

Processo inflamatório que acomete as papilas ou as criptas anais, normalmente secundário aos traumatismos no canal anal. Manifestam-se por discreta dor ou ardor anal, que piora ao evacuar e ao andar e é, às vezes, acompanhada da saída de muco (catarro) e quando grave, pus. Pode ainda dificultar a evacuação. O tratamento é inicialmente clínico com o uso de uma dieta rica em fibras e de um laxante emoliente, analgésicos, antibióticos, banhos de assento em água morna (é proibido o uso do papel higiênico) e cremes. A cirurgia é reservada para os casos agudos que não melhoram clinicamente e para os crônicos.

» Prurido/Coceira Anal

O prurido (coceira) anal consiste em uma patologia bem definida e na maioria das vezes de difícil tratamento. Acomete mais os homens que as mulheres, de preferência os adultos jovens (20 aos 40 anos).

Pode ser primário ou idiopático ( sem uma causa identificável ), mas provocada por higiene precária, calor e umidade excessivos, dieta inadequada e psicológica ou secundário a uma causa identificável: vazamento fecal oculto, doenças anorretais, dermatites, parasitoses, doenças sistêmicas, sexo anal, etc.

 

» Tumores de Canal Anal

Embora sejam bem menos freqüente que os tumores do cólon e do reto, o câncer do canal anal tem grande importância devido a sua grande morbimortalidade. Correspondem de 1 a 2 % dos tumores do aparelho digestivo. Apresentam, na maioria, bom prognóstico. Os mais freqüentes são os espinocelulares e os adenocarcinomas.

 

Consultórios:
Av. Angélica 2503, cj. 66, Higienópolis, tel.: 3257 2398 / 3120 5743.
Hospital Israelita Albert Einstein, Bloco A-1, 4º andar, tel.: 11 2151 9205